Menu

Brasileiro fecha o dia na frente no encerramento da primeira semana de testes de pré-temporada em Jerez. Cheia de problemas, RBR não corre à tarde e fica em último


Por causa das profundas mudanças no regulamento, ainda é cedo para fazer qualquer previsão para a temporada 2014. Mas pode-se dizer que Felipe Massa começou bem a jornada em sua nova casa, a Williams. Após anotar o segundo melhor tempo na quinta-feira, em sua primeira vez com o carro britânico, o ex-piloto da Ferrari foi o mais veloz do quarto e último dia de testes de pré-temporada da Fórmula 1 em Jerez de la Frontera, Espanha, com o tempo de 1m28s229 anotado a 1h20m do fim da atividade de oito horas de duração. Além disso, o brasileiro completou 86 voltas com sua Williams FW36 de número 19, que não apresentou problemas, um bom indício de confiabilidade, um item que tem dado dor de cabeça a muitas equipes nesses primeiros testes.Curiosamente, o segundo lugar ficou com seu ex-companheiro de Ferrari, o espanhol Fernando Alonso, que fechou o dia com 1m29s145 após ser o mais rápido da manhã. Em terceiro apareceu o reserva da Force India, o também espanhol Daniel Juncadella. Grande destaque do terceiro dia de atividades, ao ser o mais rápido em seu debute na McLaren, o jovem Kevin Magnussen foi o quarto mais rápido. O estreante dinamarquês de apenas 21 anos foi quem mais andou nesta sexta-feira, 110 voltas, em um promissor início para ele e para o time britânico. No entanto, nos minutos finais da atividade, Kevin perdeu o controle do MP4-29 e bateu no muro na saída da curva 10, o que provocou uma bandeira vermelha que acabou encerrando a sessão. Uma hora antes, o novato já tinha provocado outra interrupção de treino, ao rodar e ficar parado na chicane. A outra bandeira vermelha da atividade ficou por conta de Adrian Sutil, que ficou na brita com a Sauber.

 
Top