Menu

 Uma cadela com ferimentos profundos no pescoço foi resgatada por uma associação protetora de animais depois de ficar meses presa por uma corda, em Piraju (SP). Conforme reportagem do TEM Notícias, vizinhos afirmaram à associação que a dona do animal viajou e deixou a cachorra presa pelo pescoço. Ela era alimentada, mas a corda ficou tão apertada que o pescoço do animal foi dilacerado. O caso pode ser registrado na Polícia Civil e a dona pode responder à Justiça por maus-tratos.O resgate da cadela foi feito no último sábado (21) pela Associação Protetora dos Animais dePiraju (Aprapi), após denúncias anônimas. A entrada dos voluntários no local foi autorizada por uma vizinha que mora nos fundos da residência da mulher. De acordo com a diretora da Aprapi, Maria Aparecida Alves de Souza, eles tentaram contato com a dona de Katye. “Atendi vários telefonemas dizendo sobre a situação do animal, que estava amarrado com uma corda curta e com o pescoço todo ferido”, explica.No mesmo dia, a cadela foi levada ao veterinário, que fez o primeiro atendimento. Voluntários da associação têm visitado a cadela diariamente para trocar o curativo. Ela ainda fica agitada com a presença deles, que limpam e tratam o ferimento. O presidente da Aprapi, Diego dos Reis de Oliveira, conta que registrará o caso na polícia. “Pretendemos encaminhar esse caso aos órgãos devidos para que sirva de exemplo e que mais pessoas não pratiquem esses atos ou pensem em fazer isso”, afirma.

FONTE G1
 
Top