Menu



 Em um evento realizado na última sexta-feira, 12 de setembro, no Recinto Lázaro de Almeida Filho em Itaí, reuniram-se os agricultores membros da AGRIFAI – Agricultura Familiar de Itaí e Funcionários responsáveis pela alimentação escolar. O objetivo do encontro foi mostrar aos agricultores os tipos de merenda servida nas escolas do município com os produtos fornecidos pela AGRIFAI. O evento também contou com a presença da Nutricionista responsável pela Central de Alimentação – Rosângela Vaz, a Secretária da Educação – Adalzira Garcia, a Diretora da Casa da Agricultura – Luana Kesy, Prefeito Valmir Domingos e a Primeira Dama Kátia Queiroz.
De acordo com a Lei nº 11.947/2009 que dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar e do programa ‘Dinheiro Direto na Escola’ aos alunos da Educação Básica. – Do total de recursos financeiros repassados pelo FNDE no âmbito do PNAE, no mínimo 30% deverão ser utilizados na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou de suas organizações.
O PNAE – Programa Nacional de Alimentação Escolar, implantado em 1955, contribui para o crescimento, o desenvolvimento, a aprendizagem, o rendimento escolar dos estudantes e a formação de hábitos alimentares saudáveis, por meio da oferta da alimentação escolar e de ações de educação alimentar e nutricional.
São atendidos pelo Programa os alunos de toda a Educação Básica (Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos) matriculados em escolas públicas, filantrópicas e em entidades comunitárias (conveniadas com o poder público), por meio de recursos financeiros.
Esse vínculo entre agricultura familiar e a alimentação escolar fundamenta-se nas diretrizes estabelecidas pela Lei nº 11.947/2009, que visa o emprego da alimentação saudável e adequada, compreendendo o uso de alimentos variados, seguros, que respeitem a cultura, as tradições e os hábitos alimentares e saudáveis, além do apoio ao desenvolvimento sustentável, com incentivos para a aquisição de gêneros alimentícios diversificados, sazonais, produzidos em âmbito local e pela agricultura familiar.
Este encontro da alimentação escolar coma a agricultura familiar tem promovido uma importante transformação na alimentação escolar, ao permitir que alimentos saudáveis e com vínculo regional, produzidos diretamente pela agricultura familiar, possam ser consumidos diariamente pelos alunos da rede pública.
 
Top