Menu

Em 30.10.2014, na sede da prefeitura municipal itaiense, nós tivemos acesso a correspondência datada de 20 de outubro de 2014, acontecida entre a
CPFL Santa Cruz (emitente) e a Prefeitura Municipal itaiense (recebedora).
Como publicado anteriormente, nosso intuito é trazer informações para que todos nós (sem exceção) possamos ter um juízo de valor consciente e embasado em informações sobre a legalidade, ou não, do corte e plantio de árvores em Itaí, cidade do interior paulista.
E, como também afirmado anteriormente, a opinião contra ou a favor do plantio e corte de árvores acontecidos em Itaí, cabe a consciência de cada um, nem mais, nem menos. Aqui, trazemos tão somente informações sobre o plantio e corte de árvores.
 Abaixo, o inteiro teor da correspondência (em papel timbrado da empresa acima mencionada) acima mencionada
 PODER PÚBLICO 220/2014 – CPFL SANTA CRUZ
Piraju, 20 de outubro de 2014
Exmo. Senhor
Valmir Domingos
Prefeitura Municipal Itaí
Itaí-SP
CEP 18.730-000
Exmo. Sr.
A CPFL Santa Cruz é uma empresa concessionária de serviços públicos de distribuição de energia elétrica que tem estabelecida em legislação a obrigação eliminar os riscos potenciais do sistema elétrico às pessoas e bens, além de garantir a integridade deste Sistema e fornecer para os seus clientes um serviço de qualidade adequada. Chuvas e ventos de alta intensidade contribuem para um aumento significativo de quedas de galhos de árvores sobre as redes de energia elétrica urbana, elevando o número de interrupções de energia e exposição da população e bens aos potenciais riscos além de comprometer a integridade de todo o sistema elétrico. Desta forma, por motivos relacionados à natureza, nossos trabalhos podem ser prejudicados e, estendendo as consequências a todos que utilizam dos benefícios da energia elétrica.
Dando continuidade aos trabalhos desenvolvidos em parceria com essa Prefeitura, referentes às ações preventivas para minimização da interferência da arborização urbana nos serviços de distribuição de energia elétrica e que vem proporcionando excelentes resultados, vimos por meio desta solicitar autorização para que possamos eliminar os ricos potenciais à população e ao sistema elétrico por meio de poda adequada das galhadas das árvores urbanas, cabendo à CPFL Santa Cruz executar tão somente o livramento da rede elétrica em que já haja interferência da arborização, utilizando-se de profissionais treinados para a execução deste trabalho.
Reiteramos também o acordo em que o recolhimento e deposição dos resíduos provenientes desta poda, em local autorizado, fica a cargo desta Prefeitura Municipal.
Sem mais para o momento, colocamo-nos a disposição para quaisquer dúvidas…
Atenciosamente,
(assinado no original)
fonte  .jornalaopiniao.com
 
Top