Menu


A Polícia Militar apreendeu na tarde deste domingo (26) materiais publicitários de campanha eleitoral em Avaré (SP). Os objetos estavam dentro do comitê do Partido dos Trabalhadores (PT) da cidade. O diretório do partido também foi fechado depois de decisão judicial. Apesar do recolhimento, não houve crime eleitoral. O caso será encaminhado ao Ministério Público, que dará continuidade às investigações.
Segundo o cabo da Polícia Militar, Alberto Costa, as propagandas foram levadas à delegacia. “Nós recebemos uma denúncia informando que na sede do diretório havia algumas pessoas distribuindo panfletos. Porém, no local, não foi constatado. Informamos a juíza eleitoral, que determinou o recolhimento do material para o plantão policial”, afirma.
O advogado do partido na cidade, Vinicius Falanghe, acredita que a propaganda política foi apreendida como forma de precaução. “Não houve flagrante de crime nenhum. Ninguém estava cometendo crime eleitoral. o diretório estava aberto com autorização para cuidar dos ficais e delegados que trabalhavam para orientar e oferecer almoço a esses fiscais. A PM foi até o local, viu que tinha material dentro do diretório, onde normalmente fica, e a juíza achou por bem levar para a delegacia”, defende.
 
Top