Menu

Homem feriu policial ao ver abordado em blitz na SP-255 na sexta-feira (31).
Atirador foi localizado em fazenda no bairro Cerrado.

O suspeito de ter atirado contra um policial rodoviário durante blitz na Rodovia Eduardo Saigh (SP-255) na última sexta-feira (31), em Itaí (SP), morreu durante uma perseguição policial neste sábado (1º). De acordo com a Polícia Militar, ele foi visto por um morador no bairro Cerrado, zona rural de Itaí, que desconfiou do homem que ronda o local. A testemunha chamou a polícia. Ao ser cercado, segundo a PM, o homem disparou contra o próprio peito. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o boletim de ocorrência, após a denúncia do morador,  viaturas foram até o bairro rural e encontraram o suspeito armado em meio a uma plantação de soja. Ele foi cercado, mas quando os policias se aproximaram ele usou a própria arma e atirou contra a peito. O homem foi levado ao hospital da cidade, onde foi constatado o óbito.
O carro usado pelo homem também foi localizado. De acordo com a PM, o veículo estava escondido em um matagal no limite dos municípios de Itaí e Piraju (SP).
Entenda o caso
Na última sexta-feira (31), um policial militar rodoviário foi atingido por um tiro em Itaí (SP). De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima trabalhava em uma operação de fiscalização na Rodovia Eduardo Saigh (SP-255) quando foi baleado por um motorista.
Segundo a polícia, o policial abordou um carro e deu ordem de parada. Quando ele se aproximou do veículo, o motorista abaixou o vidro e disparou. O PM foi atingido no ombro. O atirador fugiu.
A vítima foi socorrida e levada à Santa Casa de Itaí, mas precisou ser transferido para o hospital de Avaré (SP) onde passou por cirurgia para a retirada de um projétil. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, ele passa bem.
fonte
G1
 
Top