Menu

Com alta inadimplência, lojistas de Avaré fazem acordo para sanar dívida
SCPC afirma que índice de devedores aumentou em 2,33% em 2015.
Número de negativados passou de 1.240 para 2.280 segundo Associação.





O índice de inadimplência em Avaré (SP) subiu 83% em janeiro e fevereiro deste ano e o número de negativados passou de 1.240 para 2.280, segundo dados da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Avaré. No Brasil, segundo o Serviço de Proteção ao Crédito, a quantidade de devedores aumentou 2,33% nos primeiros meses de 2015, porém, lojistas buscam negociar as dívidas para não perder clientes.

O empresário Ângelo Antônio Marcusso prefere negociar antes de acionar o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). “Estamos negociando com os inadimplentes que há na loja, para parcelar a dívida sem cobrar juros, para que os clientes possam quitá-las e voltem a comprar aqui”, explica.

É o caso do professor Miguel Soares Camargo, que já foi inadimplente e agora planeja antes de efetuar uma compra: "Decidi gastar agora, depois que consegui quitar todas as minhas contas com a parcela do 13º salário”, comenta.

O presidente da Associação Comercial de Avaré, Cássio Ferreira, explica o que levou a índice de devedores. "O fato das negativações terem atingido esse patamar, não significa necessariamente que tenha havido um aumento da inadimplência nessas proporções. O que está ocorrendo, é que agora as pessoas estão negativando mais, porque como o comércio caiu, essa é uma forma de procurar dívidas antigas e tentar receber para equilibrar o caixa das empresas”, afirma.

Para o gerente de loja Carlos Alberto de Oliveira, grande parte dos devedores deixa de pagar por receber diversas cobranças no início do ano. "Esse é o perfil do cliente que tem muitas contas a pagar, como IPVA, IPTU, então o dinheiro não sobra. Estamos enfrentando uma época difícil, mas que será superada”, diz.

fonte :( tv tem)
 
Top