Menu

Bancos da região aderem à greve no país; população recorre a alternativas 

  Agências bancárias de quatro cidades da região de Itapetininga (SP) aderiram à greve da classe e as unidades de Itapeva (SP), Capão Bonito (SP), Itapetininga e Avaré (SP) não funcionaram nesta terça-feira (6). Os bancários querem reajuste salarial de 16%, com piso de R$ 3.299,66, entre outros benefícios. Na região, 54 agências fecharam as portas afirma o sindicato da categoria de Sorocaba (SP). Em Avaré, as nove agências bancárias do município confirmaram a aderência à paralisação nacional. As outras duas cidades não informaram quais as unidades que se uniram à greve. A greve das duas primeiras cidades foi confirmada pelo Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região. Já o Sindicato dos Bancários de Avaré informou sobre a participação do município na paralisação nacional.A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) disse que os clientes poderão fazer saques, transferências e as outras operações por canais alternativos de atendimento como: caixas eletrônicos, casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados, aplicativos de celular, internet banking, entre outros.De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), os bancários decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. O acerto foi costurado durante assembleias realizadas na última semana.

 

 
Top