Menu

Na última reunião da CBH-ALPA – Comitê de Bacias Hidrográficas do Alto Paranapanema, ocorrida no dia 27 de junho, na cidade de Taquarivaí, o município de Itaí teve aprovado o Projeto do Parque Linear com medidas de prevenção e defesa contra eventos hidrológicos extremos, para controle dos processos erosivos e recuperação do canal de drenagem na microbacia do córrego do Lageadinho na área urbana de Itaí. Tal projeto foi desenvolvido pela Secretaria do Meio Ambiente em parceira com o Departamento de Engenharia do Município.

Esse projeto tem por objetivo contratar uma empresa especializada para a “Elaboração de projetos básicos” e executivos de engenharia e arquitetura (urbanísticos, estruturais, paisagístico, ambientais, etc.) para criação de Parque Linear urbano a ser implantado na microbacia do córrego do Lageadinho, com obras para controle de cheias e desaceleração do escoamento pluvial, com obras de drenagem urbana, obras para controle dos processos erosivos e recuperação do córrego do Lageadinho e integrados a projeto de lazer e paisagismo do local e todos os projeto deverão ser entregues devidamente licenciados, outorgados e com manifestação conclusiva do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).Com isso, a prefeitura de Itaí passará a ter subsídio, no próximo ano, para pleitear recursos, executar as obras para controle de cheias e desaceleração do escoamento pluvial do córrego do Lageadinho; amenizar o impacto das cheias no médio e no baixo curso deste canal; implantar obras de drenagem urbana, implantar obras para controle dos processos erosivos e para a recuperação do córrego do Lageadinho. Além de aperfeiçoar o uso da área através da instalação de infraestrutura de lazer e paisagismo do local. A prefeitura conseguiu um total de 107.502,34 do FEHIDRO (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) e ofereceu contrapartida de 41.806,46 para sua realização, por entender a importância do projeto para o Município de Itaí que sofre com problemas constantes em decorrência de eventos hidrológicos extremos e que afetam parte da área urbana drenada pelo córrego do Lageadinho. Os projetos a serem entregues permitirão que a Prefeitura tenha condições de implantar obras a curto, médio e longo prazo e atuar de forma planejada nas tomadas de decisões.O projeto será executado nas áreas localizadas entre a cabeceira do córrego do Lageadinho, nas áreas verdes e institucionais dos Bairros Marajoara e Colina Verde, no Recinto de Festas/Prova do Laço (Parque Mauro Roberto de Moraes e Parque Ecológico) até a Rua Professora Delfina Silveira Melo no Jardim Santo Antônio.

 
Top