Menu












Fontes afirmam: mulher de Arandu foi a primeira vítima do coronavírus!
Esposo está internando na Santa Casa de Avaré em estado grave.
Com os mesmos sintomas, ele deve ser transferido para Botucatu ainda hoje
Uma festa de família realizada no dia 15 de março envolvendo adultos, crianças e idosos, pode ter sido o epicentro de um contágio por coronavírus de várias pessoas, na pequena cidade de Arandu teve acesso as fotos do evento familiar, falou com jornalista que afirma ter fonte confiável confirmando e ouviu nossas próprias fontes que descrevem situações clínicas desse que deve ser o(s) primeiro(s) caso(s) de COVID-19 na região.
Em nota, a assessoria de imprensa do Hospital das Clínicas de Botucatu confirmou que, as 12:00h, deste domingo, 29, faleceu a aranduense que estava sob tratamento intenso desde o dia 27 com suspeita de ter contraído o coronavírus.
A Secretaria da Saúde do município como também a assessoria de imprensa do Hospital das Clínicas de Botucatu não falam, sob a alegação de que aguardam os exames complementares, mas segundo o jornalista avareense Chico Sant’Anna, uma fonte particular de extrema confiança revelou ao profissional que a mulher teria sim, contraído o coronavírus e falecido de COVID-19. O jornalista deu o furo através de sua página no Facebook, na noite de sábado, 28.
Já fontes do Portal embasam o furo, ao revelar que a tomografia realizada na paciente na Santa Casa de Avaré, pouco antes de ser encaminhada para o HC, mostrou um quadro clínico severo, com seus pulmões em estado avançado de infecção. A mesma fonte revelou à reportagem que a mulher será cremada ainda hoje, segunda-feira, 30, sem a presença de famílias.
A redação do Portal tem encontrado grandes dificuldades em obter informações oficiais quanto ao caso, contudo, mediante investigações e graças as fontes seguras, conseguimos confirmar a identidade da primeira vítima de coronavírus na região Sudoeste Paulista. Trata-se de Maria Aparecida Pires da Costa, de 55 anos.
Ela era hipertensa e diabética, o que teria agravado sua situação e, para piorar, seu marido de 57 anos, hemofílico, está internando na Santa Casa de Avaré, com o mesmo quadro clínico em que se encontrava sua esposa. Ele deve ser transferido ainda hoje para Botucatu, revelou a fonte do Portal.
Em nota, a Secretaria de Saúde de Arandu alerta para que os aranduense fiquem em suas casas, protejam os seus pais, filhos e avós e que evitem aglomerações em mercados e farmácias. A secretaria local pede a colaboração da população para que medidas mais duras não tenham de ser tomadas, o que deverá prejudicar ainda mais o município e seus cidadãos.
Por terem tido contato direto com a mulher, outros 23 aranduenses estão isolados em suas residências e sendo acompanhados pela secretaria de saúde local. Do grupo de isolados, vários estão com quadro gripal e é plausível deduzir que outros integrantes da festa também contraíram o vírus, devido a sua notória força de contágio.
Apesar de não termos a confirmação oficial dos órgãos de saúde, mediante os relatos das fontes tanto do Portal, quando do jornalista Chico Sant’Anna que deu o furo, é certo que se trata do primeiro caso na região contaminação e morte por coronavírus.
A assessoria de imprensa do HC de Botucatu disse ao Portal que no hospital, estão internados 12 pacientes com suspeitas de COVID-19, sendo 4 de Botucatu e 8 da região, com 1 caso já confirmado e dois óbitos, inclusive este de Arandu, aguardando a confirmação. Ainda segundo a assessoria da entidade, o Instituto Adolf Lutz, está demorando mais de 10 dias para realizar os exames o que tem complicado as informações oficias dos casos suspeitos.
Ainda não se sabe como a mulher aranduense e demais teriam contraído o vírus, se viajam para São Paulo ou se tiveram contato com alguém de fora.
 
Top