Menu

IDOSA DE 68 ANOS É A OITAVA MORTE E AVARÉ TEM 70 CASOS DE COVID19, INFORMA PREFEITURA
A Secretaria Municipal da Saúde informou na manhã de hoje, 03 os dados atualizados sobre a pandemia do coronavírus em Avaré.
Segundo a Pasta subiu para 70 casos confirmados, sendo que 13 estão em isolamento domiciliar, 43 curados, 8 óbitos e 6 internados na Santa Casa de Avaré.
Há ainda 13 casos suspeitos aguardando resultado de exames, e 1 óbito suspeito aguardando resultado de exames. Além disso a cidade possui o número de 485 casos descartados, incluindo os exames feitos em laboratórios particulares.
8ª morte -Avaré registrou, na terça-feira, dia 2 de junho, a 8ª morte por coronavírus. nova vítima do vírus é a sogra da auxiliar de enfermagem Eleni Roque da Silva, de 44 anos, que faleceu no dia 28 de maio. A idosa residia no Bairro Santa Elizabeth.
O que chama a atenção é que a sogra, de 68 anos, morreu 5 dias após Eleni. Dois filhos da filhos da idosa também precisaram ser internados na Santa Casa de Misericórdia. Porém, um deles já recebeu alta e a outra filha deverá deixar a unidade nesta quarta-feira, dia 3 de junho.
Cronologia – A primeira morte registrada em Avaré ocorreu no dia 11 de abril e foi do empresário Marco Antônio Ramalho, proprietário da Maré Shopping. Apesar dele ter falecido em Bauru, ele deu entrada e foi diagnosticado por Covid-19 no Pronto Socorro Municipal, e acabou entrando para a triste estatística da cidade.
A segunda morte foi registrada no feriado de 1º de maio. A Secretaria de Saúde não divulgou dados do paciente. No dia 12 de maio, a pasta da Saúde confirmou a terceira morte na cidade, mas também não deu detalhes da vítima.
A quarta morte ocorreu no dia 23 de maio e foi do agente da P1 de Avaré, Benedito Antônio Angelino, o Maguila.
Na segunda-feira, dia 25 de maio, a Secretaria de Saúde contabilizou a quinta morte e, na quinta-feira, dia 28 de maio, a vítima foi a auxiliar de enfermagem Eleni Roque da Silva, de 44 anos.
A sétima morte foi de um homem de 56 anos que faleceu no domingo, dia 31 de maio. A oitava morte foi da idosa de 68 anos que ocorreu na terça-feira, dia 2 de junho.
 
Top