Menu

 Presa por dopar idosos em assaltos confessou

à polícia que ia 'pegar mais um velhinho'

Uma das mulheres presas suspeitas de assalto

a pelo menos 15 idosos e e cidades da região afirmou no

momento da prisão que estava indo para Cesário Lange (SP)

"para pegar mais um velhinho", informou o delegado Agnaldo Ramos.

As duas foram presas após investigações de três meses. Policiais

chegaram até as suspeitas depois de analisarem imagens de câmeras de

monitoramento e terem acesso a registros de ligações telefônicas.

O material não teve autorização da Justiça para ser divulgado.

Ao serem detidas, em Itapetininga, elas confessaram que estavam indo

para outra cidade fazer mais vítimas. Além disso, admitiram que abordavam

idosos nas ruas ou na frente de agências bancárias e ofereciam sexo em troca de dinheiro.

"Elas enganam idosos com o objetivo de tirar dinheiro.
Quando não conseguem, dão uma dose de tranquilizante
, jogam a vítima no matagal, vão ao banco com o cartão
e fazem saques", explica o delegado Agnaldo Ramos.
Segundo as investigações, há relatos de agressões para as

vítimas dizerem as senhas dos cartões. O valor aproximado dos golpes pode chegar a R$ 80 mil.



 
Top