Menu

 



Governo de SP libera funcionamento do comércio em ‘fase de transição’
Economia entra em fase de flexibilização em SP
O governo de São Paulo manteve todo o estado na fase vermelha da quarentena, mas autorizou a abertura de comércios e algumas atividades religiosas em horários reduzidos de funcionamento a partir deste domingo (18).
A medida foi definida pela gestão estadual como uma “fase transitória”, e prevê a liberação gradual de setores da economia.
Como será a transição?
Fase 1: de 18 de abril a 23 de abril
-Atividades comerciais horário: 11h às 19h
-Atividades religiosas com restrições
-Toque de recolher: 20h às 5h teletrabalho para atividades administrativas não essenciais escalonamento do horário de entrada e saída de atividades do comércio, serviços e indústrias 25% da capacidade de ocupação do estabelecimento e aplicação de protocolos sanitários rigorosos.
Fase 2: de 24 de abril a 30 de abril
-Atividades comerciais horário: 11h às 19h
-Atividades religiosas com restrições
-Atividades comerciais horário: 11h às 19h
-Serviços gerais
-Restaurantes e similares horário: 11h às 19h
-Atividades culturais horário: 11h às 19h
-Academias horário: 07h às 11h e 15h às 19h
-Toque de recolher: 20h às 5h teletrabalho para atividades administrativas não essenciais escalonamento do horário de entrada e saída de atividades do comércio, serviços e indústrias 25% da capacidade de ocupação do estabelecimento e aplicação de protocolos sanitários rigorosos.
No próximo sábado (24), está prevista a ampliação das flexibilizações, o que inclui a autorização de funcionamento para restaurantes, salões de beleza, academias, que poderão reiniciar suas atividades com restrições.
O anúncio foi feito em entrevista coletiva do governo estadual nesta sexta-feira (16). Com a mudança, shoppings e lojas de rua, que só eram autorizadas a abrir a partir da fase laranja, vão poder operar já neste final de semana.
 
Top