Menu



Informações obtidas com exclusividade pelo site dão conta que o Pronto Socorro de Avaré está superlotado. A sala de hidratação foi improvisada para atender os pacientes que estão com casos confirmados de coronavírus. Hoje são 20 pacientes que aguardam transferência para a Santa Casa ou para outro hospital do estado.
Além da falta de espaço, o Pronto Socorro não teria estrutura para receber tantos pacientes. A unidade não conta com banheiro exclusivo e nem chuveiros para esses pacientes que ficam até dias esperando por internação.
A denúncia aponta ainda que faltam médicos no Pronto Socorro. Ainda segundo informações, há semanas a unidade não consegue completar a escala de médicos. A unidade trabalha com falta desses profissionais no momento mais crítico da pandemia.
Segundo a denúncia, o contrato exige uma quantidade de médicos que não vem sendo cumprida pela empresa responsável pela gestão do Pronto Socorro.
Outro fator que influencia na falta de médicos, segundo a denúncia, é falta de liderança da coordenadora da empresa InfoMed, responsável pela prestação de serviços médicos no Pronto Socorro.
Uma onda de discussões e tensões estariam ocorrendo entre os médicos sobrecarregados e a coordenadora. O fato estaria afetando o atendimento no local.
A reportagem apurou que outros problemas estão ocorrendo na unidade que, em breve, deverão ser publicados.
Hoje o Pronto Socorro conta com 20 pacientes aguardando vaga para transferência, sendo que 4 deles em ventilação mecânica
 
Top