Menu

 


Em sessão ordinária realizada no dia 17 de maio, o ex-prefeito de Itaí, Thiago dos Santos Michelin teve suas Contas referentes ao exercício 2017, aprovadas pela Câmara Municipal que acatou por unanimidade o Parecer Prévio Favorável do Tribunal de contas do Estado de São Paulo que apontava como regular as do ex-chefe do Executivo itaiense.

No parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP), foram apontados o cumprimento dos mandamentos constitucionais e legais de relevância na matéria, superávit da Execução Orçamentária, Diminuição e Déficit Financeiro.

O Parecer foi enviado para discussão e votação em plenário após parecer favorável da Comissão Permanente de Legislação, Justiça e Redação Final, que acatou a decisão do TCESP, considerando as manifestações da Assessoria Técnico-Jurídica e do Ministério Público de Contas, assim pelos votos dos Conselheiros Renato Martins Costa, Dimas Ramalho e Vadenir Antonio Polizeli, mesmo porque ficou frisado no Parecer que a deliberação não alcança outros atos pendentes de apreciação por aquele Tribunal.

A aprovação das Contas do exercício 2017, levou o vereador Afonso Fogaça, quando do uso da Tribuna, a enaltecer a administração Thiago Michelin, que pegou, segundo o vereador, “um rojão”, com a cidade endividada e sem crédito, e durante sua gestão conseguiu equilibrar as finanças da prefeitura e ainda manter a cidade sempre assistida em todos os setores da administração. Para o vereador, Thiago Michelin, em seu governo, não foi político, mas sim um grande administrador.

 
Top