Menu

 

A Prefeitura de Avaré publicou um novo decreto na sexta-feira, dia 18 de junho, definindo medidas mais restritivas para as atividades econômicas para conter a disseminação da Covid-19. As novas regras passam a valer a partir das 18 horas deste sábado (19).

O documento suspende até o dia 30 de junho o funcionamento do comércio em geral das 18h às 6h, de segunda a domingo. Após esse horário, supermercados, padarias, açougues, lanchonetes, pizzarias, restaurantes e congêneres vão poder funcionar somente através de delivery.

Segundo o decreto, as atividades religiosas também poderão funcionar de forma presencial, mas somente das 6h às 18h de segunda a domingo. Já as academias podem atender ao público neste mesmo horário, mas de segunda a sábado. Também está proibida a realização de esportes coletivos.

Todos os estabelecimentos devem funcionar, nos horários permitidos, com 40% da capacidade total de pessoas. O decreto também proibiu a venda de bebidas alcoólicas das 18h às 6h, inclusive no sistema delivery, e o consumo de álcool nos espaços públicos, sob multa de R$ 500.

Os ônibus urbanos vão funcionar das 5h às 19h. Nos estabelecimentos de atividades consideradas essenciais, só poderá entrar uma pessoa por família e está proibida a entrada de menores de 14 anos. A “Feira da Lua” também está suspensa.

Segundo a Prefeitura, o estabelecimento comercial que descumprir o decreto deverá pagar uma multa de R$ 5 mil, e a reincidência implicará na cassação do alvará de funcionamento e fechamento do comércio.

Já para os moradores que forem flagrados em aglomerações em casas, chácaras, vias públicas, entre outros, ficou estabelecida uma multa de R$ 1 mil. O toque de recolher também segue válido das 20h às 5h.

O que vem chamando a atenção da população é o fato do decreto começar a valer a partir do dia em que o evento da Associação Nacional de Cavalos de Rédeas (ANCR) foi finalizado. A medida de Silvestre acabou gerando grande insatisfação por parte da população.

 
Top