Menu

 











VIGILÂNCIA SANITÁRIA E POLÍCIA MILITAR BARRAM “FESTA RAVE” COM 200 PESSOAS NA REPRESA
A vigilância Sanitária de Itaí recebeu na noite de sexta-feira, dia 25 de junho, através do disk denúncia Covid-19, a informação de que naquele momento estaria sendo realizada uma festa clandestina em uma chácara, de propriedade particular, na represa de Itaí.
Chegando ao local e após constatar a veracidade da denúncia, a equipe de Vigilantes acionou a Polícia Militar que prontamente atendeu ao chamado. Com a chegada de ambas as equipes, a multidão estimada em ao menos 200 pessoas foram se evadindo do local onde foi constatado estar sendo realizada uma “festa Rave”.
Com a “fuga” de grande parte dos participantes, a equipe da Vigilância Sanitária realizou auto de infração em nome do organizador do evento, enquanto a Polícia Militar registrou um Boletim de Ocorrência com todos os detalhes da abordagem.
O evento foi encerrado e ninguém foi preso. O caso será encaminhado ao Ministério Público. Nessa semana, esse é o segundo caso que chaga às mão do Ministério Público.
Segundo a secretária de Saúde, Juliete de Souza Santos, as medidas preventivas contra o Covid-19 continuam, assim como o trabalho de investigação e fiscalização ativa por parte da Vigilância Sanitária.









 
Top