Menu


 A Secretaria do Meio Ambiente informa que devido ao episódio de morte de peixes no Ribeirão dos Carrapatos acionou a Cetesb, que esteve em vistoria no local e não identificou fonte externa de contaminação nos locais percorridos, mas sim a baixa vazão do Ribeirão, decorrente da falta de chuvas nos últimos anos na região e no estado.

A Sabesp faz análises diárias no reservatório de abastecimento, e duas vezes na semana, as amostras coletadas são encaminhadas para Itapetininga e São Paulo para análises mais detalhadas em laboratório credenciado e acreditado, conforme legislação vigente.
Até o momento não foi identificado nenhum resultado fora do padrão estabelecido pela legislação ou alteração na qualidade da água fornecida para a população.
Informamos que estamos cientes do ocorrido e tomando possíveis providências junto aos órgãos estaduais competentes.
 
Top