Menu

 



Preso por matar companheira de 19 anos a facadas é irmão do pai adotivo da vítima: 'Não a respeitou'
O pedreiro de 46 anos que foi preso suspeito de matar a companheira de 19 a facadas, em Arandu (SP), é irmão do pai adotivo da vítima, segundo a família da jovem e a Polícia Civil.
De acordo com o boletim de ocorrência, o pai de Jéssica Alessandra Panchone de Jesus contou à polícia sobre o “comportamento agressivo e possessivo” do suspeito Valdinei Manoel de Jesus.
De acordo com a Polícia Civil, o suspeito "se mostrou frio e calculista, não demonstrando nenhum tipo de arrependimento".
O corpo de Jéssica Alessandra Panchone de Jesus foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e depois liberado para o velório. Ela foi enterrada no fim da tarde de sexta-feira (6) no Cemitério Municipal de Arandu.
 
Top