Menu

 








Por 5x4 câmara de Itaí segue parecer do Tribunal de Contas que rejeitou contas do ano de 2018 da prefeitura de Itaí no mandato do Ex-prefeito Thiago Michelin
Aconteceu na noite desta segunda dia 08 de novembro a décima sexta sessão Ordinária da Câmara municipal de itaí. Em pauta as contas de 2018 da prefeitura de Itaí referente ao mandato do Ex-prefeito Thiago Michelin, após lido o parecer do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, passou-se ao debate. O vereador Luíz Fernando Coltinho em sua palavra fez a defesa do Ex-prefeito Thiago dizendo que o apontamento foi devido um "lapso" do contador" erro contábil que foi sanado e que não houve enriquecimento ilícito por parte de Thiago Michelin. Disse ainda que Thiago Michelin deixou a prefeitura com 12 milhões em caixa, um superávit de 14 milhões.
Após o uso da palavra livre passou-se a votação, sendo que votaram contra o parecer do Tribunal de Contas do Estado Vereadores Afonso Fogaça, Lauriane da Londra, Luíz Fernando Coltinho e Ronaldo Som. Favoráveis a manutenção do parecer do Tribunal de Contas Luís Fernando Rotelli, Avelino Nicetto, Marcelo Gesso, Ronaldo Tatú e Maurício Padeiro.
Com esta votação o Ex-prefeito Thiago Michelin fica Inelegível por oito anos e não poderá contratar com a iniciativa pública pelo mesmo período.
Foi elaborado um Decreto Legislativo N 63 datado de 09 de novembro de 2021 que será publicado na próxima edição do diário oficial como de praxe. A rádio Antena A solicitou e teve acesso ao Decreto elaborado durante a conclusão da décima sexta sessão Ordinária e teve autorização da presidência da casa de leis para fotografar o documento por se tratar de documento público e de interesse da população. Como adiantamos o decreto será publicado na próxima edição do diário oficial do município.


 
Top