Menu

 






Contas Rejeitadas do Ex-prefeito de Itaí Thiago Michelin será votada nesta segunda-feira dia 08 de novembro na câmara Municipal de Itaí.
As contas rejeitadas do Ex-prefeito de Itaí Thiago Michelin do ano de 2018 serão votadas pelos 09 Vereadores Itaienses nesta segunda-feira dia 08 de novembro na Décima sexta sessão Ordinária.
Os 09 Vereadores Itaienses devem dizer se seguem a decisão do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo que rejeitou as contas e o pedido de Reexame do Ex-prefeito ou se votam pela derrubada da decisão dos conselheiros e técnicos que são especialistas em Contas Públicas, já que o plenário da Câmara é soberano nesta decisão que pode liberar ou deixar Thiago Michelin Inelegível por 08 anos caso siga a decisão do Tribunal de Contas do Estado.
No box abaixo está o roteiro e pauta da sessão desta segunda dia 08 as 20 horas.
Entenda o Caso
A Voz do Vale
13 de setembro de 2021
EX-PREFEITO DE ITAÍ TEM PEDIDO DE REEXAME DE CONTAS REJEITADO PELO TCE
O ex-prefeito de Itaí, Thiago dos Santos Michelin (Republicanos), sofreu mais uma derrota no Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. Segundo publicação do Diário Oficial do último dia 10 de setembro, o ex-prefeito havia impetrado um pedido de reexame contra a emissão do parecer desfavorável de suas contas referente ao ano de 2018, no entanto, não teve sucesso e o resultado foi mantido pelo órgão fiscalizador.
A decisão rejeitando as contas foi publicada em dezembro de 2020 e em fevereiro de 2021, o ex-prefeito, através de seus advogados, ingressou com a solicitação de revisão pleiteando a aprovação das contas.
Ao analisar as novas alegações, o Ministério Público de Contas, se manifestou pelo desprovimento do pedido mantendo a decisão anterior.
Seguindo o raciocínio do MPC, o conselheiro-Substituto Valdenir Antonio Polizeli relatou que não havia como reverter à decisão de primeiro grau, uma vez que as alegações de Michelin não foram suficientes para afastar a irregularidade que motivou a rejeição.
“Feitas considerações e, por não haver motivos para dissentir da Assessoria Técnica e do MPC, voto pelo não provimento do presente pedido de reexame, mantendo o parecer desfavorável emitido pela e. Segunda Câmara sobre as contas apresentadas pelo Prefeito Municipal de Itaí, referentes ao exercício de 2018”, finalizou Valdenir Antonio Polizeli.
A partir de agora, as contas devem ser enviadas a Câmara Municipal de Itaí e os vereadores decidirão o futuro político de Thiago Michelin. Caso mantenham a decisão do TCE, o ex-prefeito se torna inelegível e não poderá ser candidato nas próximas eleições.
Matéria do Jornal A Voz do Vale de 13 de setembro de 2021
 
Top